Qualidade de vida

Top Spin

O exame Top Spin analisa 17 genes para compor um perfil esportivo voltado ao tenista de alta performance. O conhecimento do perfil genético do atleta auxilia a equipe de profissionais que o acompanha a traçar estratégias mais assertivas para a melhoria da performance e mitigar falhas, como lesões.

Finalidade

O exame Top Spin analisa 17 genes para compor um perfil esportivo voltado ao tenista de alta performance.

Os genes são analisados sinergicamente como componente preditivo das seguintes características: tipo de fibras musculares predominantes, força e eficiência muscular, risco de lesões musculares e capacidade de recuperação, risco de tendinopatias, ruptura de ligamentos e tendões por desgaste, capacidade de lipólise, recuperação pós-treino, flexibilidade, resposta inflamatória, capacidade antioxidante, predisposição à câimbras, capacidade de resistência em hipóxia (altitude), força isométrica, genética da força de explosão, aptidão esportiva, predisposição à fragilidade e lesões ósseas e sensibilidade à exposição solar.

O tênis de alta performance é bastante competitivo e a rotina de treinos é muito intensa. O conhecimento do perfil genético do atleta auxilia a equipe de profissionais que o acompanha a traçar estratégias mais assertivas para a melhoria da performance e mitigar falhas, como lesões.

Genes Avaliados

GeneEfeito Biológico
ACTN3
  • Produção de alfa‐actinina‐3 e composição das fibras musculares
ADRB2
  • Obesidade
  • Mobilização da gordura
BDNF
  • Plasticidade sináptica de células nervosas
COL5a1
  • Produção de colágeno
  • Lesões nos músculos e tendões
DIO1-Da
  • Força muscular isométrica
DIO1-Db
  • Massa muscular
ECA
  • Performance e eficiência muscular
  • Níveis de sódio no sangue
GSTM1
  • Capacidade anti-oxidante
HIF1
  • Alterações nas concentrações de oxigênio
  • Sobrevivência celular durante o exercício
IL-1B
  • Resposta inflamatória
  • Recuperação pós-treino
MCT1
  • Capacidade oxidativa dos músculos esqueléticos
  • Remoção do lactato
  • Atividade contrátil associada ao treinamento físico
MMP1
  • Degeneração de colágeno
  • Lesões por desgaste em ligamentos, tendões e articulações
NOS3
  • Reações fisiológicas que resulta em vasodilatação
  • Alteração na PA
  • Papel nos processos de VO e inflamação
PPARG1A
  • Metabolismo basal
  • Atividade da proteína que pode ser vantajosa para o desempenho de resistência do atleta
  • Limite em que um organismo começa a acumular ácido lático nos músculos
SOD2
  • Capacidade anti-oxidante
TYR
  • Predisposição à melasmas
  • Risco de câncer de pele
VDR
  • Metabolismo da vitamina D
  • Risco de lesão óssea

Benefícios

O teste genético é um avanço no treinamento esportivo personalizado, permitindo aos treinadores conhecerem, a priori, o grau de risco genético para o desenvolvimento de lesões, resistência física e outras características importantes para a composição do desempenho físico do tenista, podendo assim, procederem de forma preventiva e a potencializar habilidades.

O exame também traz benefícios para a performance esportiva individual global quanto aos fatores táticos, técnicos e físicos que necessitam de mais atenção.

Indicações

  • Tenistas que participam de competições
  • Atletas que almejam carreira profissional
  • Atletas profissionais

Prazo para a entrega dos resultados

20 dias úteis

Quer fazer um exame?

Os exames genéticos preditivos podem identificar probabilidades e riscos de se desenvolver determinadas condições ou doenças. De posse dessa informação é possível agir de forma preventiva em busca de melhor qualidade de vida, longevidade e saúde.
Nome completo *
E-mail *
Telefone *
Cidade *
UF *
Exame *
Adicionar mais um exame
Foi indicado por um Profissional? *
Qual o profissional?
Como ficou sabendo da Progenomics?

Topo